Sábado 16/12/2017 02:27

Tavares afirma que há dois meses negociava sua saída da SES

Ações Públicas - Pedido de Exoneração

Foto: Kleber Cajus

O secretário de Estado de Saúde, Nelson Tavares, confirmou na tarde desta quarta-feira (6) que está deixando o cargo. A exoneração, informou, ocorre a pedido, e vinha sendo negociada há pelo menos dois meses. Agora, afirma o médico cardiologista, ele irá retomar o cargo de servidor na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Tavares deve ser substituído pelo atual diretor do Hospital Universitário, Carlos Coimbra, que já foi convidado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para assumir o posto.

“Estava há dois meses negociando a minha saída, mas não poderia deixar de cumprir as férias do ano passado”, disse Tavares, citando a necessidade legal de ter iniciado suas férias e o fato de já ser apontado um sucessor. “A decisão [de deixar o governo] é única e exclusivamente motivada por questões de vida privada”, reiterou. Segundo ele, como a informação sobre sua saída “vazou”, decidiu-se realizar a coletiva para anunciar a decisão. A exoneração deve ser publicada nos próximos dias.

O secretário confirmou que pretende retornar à UFMS, descartando também a possibilidade de disputar as eleições de 2018 –Reinaldo havia dito que secretários que pretendem concorrer no pleito deverão deixar o governo nas próximas semanas. “Absolutamente não serei candidato a nada”, reiterou.

Nelson Tavares permaneceu por quase três anos à frente da SES. No período, a pasta realizou a Caravana da Saúde, projeto responsável por reduzir a fila do SUS (Sistema Único de Saúde) para realização de cirurgias eletivas. “Foram 850 mil atendimentos, com 60 mil pessoas operadas”, reforçou o secretário.

Uma segunda “caravana” chegou a ser realizada, conforme Tavares, focada nas populações indígenas de Mato Grosso do Sul. “Foi inédito no país, algo reconhecido pelas lideranças das aldeias”. Uma nova edição da ação de saúde, segundo ele, teria como meta zerar a fila de exames e procedimentos relativos a câncer de colo de útero e de mama, e envolveria alunos, pais e professores da rede estadual.

Dengue – O atual secretário deixa o cargo após o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) investigar a aplicação de R$ 20 milhões em ações de combate à dengue pela SES –suspeitas que ele avalia como um “equívoco”.

Tavares negou que sua saída tenha relação com críticas às ações de combate à dengue no âmbito da pasta. Segundo ele, informações de que houve mal uso de recursos serão esclarecidas em breve.

“Fizemos uma reunião interna na segunda-feira e avaliou que houve um equívoco. Se achasse que houve algo muito grave até ficaria mais um pouco no cargo, até isso ser resolvido. Mas acredito que os técnicos vão esclarecer a questão”, declarou o virtual ex-secretário, que disse sentir “orgulho sobre como combatemos a dengue, a zika e a chikungunya”.

Campo Grande News /PH

Nelson Tavares, exoneração, Secretário de Estado de Saúde

Compartilhar faz bem!

Eventos

  • Café da Manhã da FAEMS

    Café da Manhã da FAEMS

    Cidade:Campo Grande
    Data:19/09/2011
    Local:ACICG - Associação Comercial de Campo Grande

Veja Mais Eventos

Balcão de Oportunidades / Empregos(Utilidade Pública)

Não é cadastrado ainda? Clique aqui

Veja todas as ofertas de vagas

Cotações

Indisponível no momento

Universitários

Serviço Gratuito Classificados - Anúnicios para Universitários

Tempo / Clima

Newsletter
Receba nossa Newsletter

Classificados

Gostaria de anunciar conosco? Clique aqui e cadastre-se gratuitamente.

  • Anúncios

Direitos do Cidadão

Escritório Baraúna-Mangeon Faça sua pergunta
  • Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatá...Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatária aqui em Cuiabá, levou muita grana nossa, e uma eco esporte. Ela se chama LEUNIR..., como faço pra denunciar ela aí nos jornais?Resp.
  • Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um...Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um eo outro parcial ja faz um bom tempo que nao trabalha e estava recebendo auxilio doença mas foi cancelada e ja passou por duas pericias e nao consegui mais , sera que tem como ela aposentar?Resp.
  • quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje out...quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje outbro de 2013Resp.
  • meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 ...meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 a zero caso ele tenha alguma condenacao esse 2 anos e meio pode ser descontadoResp.
  • gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilota...gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilotar maqunas agricolas?? se tiver como fasso pra me escreverResp.
+ Perguntas

Espaço do Leitor

Envie sua mensagem:
Sugestões, críticas, opinião.
  • iraci cesario da rocha rocha

    Procuro minha irmã Creusa Maria Cesario ela era de Dracena SP , minha mãe esta idosa 79 anos precisa ver ela se alguem souber nos avisa ..contato 018 996944659 falar com Iraci ..minha irmã foi vista nessa região

  • iraci cesario da rocha rocha

    Boa noite , estou a procura da minha irmã Creusa Maria Cesario desapareceu ha 30 anos , preciso encontrar porque minha mãe esta com 79 anos e quer ver , ela foi vista ai por essa região , quem souber nos avise moramos aqui em Dracena SP

  • maria de lourdes medeiros bruno

    Parabéns, pelo espaço criado. Muito bem trabalhado e notícias expostas com clareza exatidão. Moro na Cidade de Aquidauana e gostaria de enviar artigos. Maria de Lourdes Medeiros Bruno

  • cleidiane nogueira soares

    Procuro por Margarida Batista Barbosa e seu filho Vittorio Hugo Barbosa Câmara.moravam em Coração de Jesus MG nos anos 90 .fomos muito amigos e minha família toda procura por notícias suas.sabemos que voltaram para Aparecida do Taboado MS sua cidade natal

  • Simone Cristina Custódio Garcia

    Procuro meu pai Demerval Abolis, Por favor, me ajudem.Meu telefone (19) 32672152 a cobrar, Campinas SP.

+ Mensagens