Sábado 15/12/2018 05:50

Foragida há três dias, suspeita de traficar armas é presa ao se apresentar

Ações Policiais - Tráfico de Drogas


Suelen foi presa ao se apresentar na delegacia (Foto: Divulgação/ Garras)

Foragida há três dias, Suelen Ohana Alves Targino se apresentou nesta quinta-feira (6) no Garras (Delegacia de Repressão de Roubo a Banco, Assalto e Sequestros). Desde segunda-feira (3) a operação da Desarme (Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos) da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Suelen e mais dois suspeitos do Estado estavam foragidos.

A mulher é integrante da maior quadrilha de tráfico de munições em atuação no Rio de Janeiro e fazia parte da célula que operava em Mato Grosso do Sul. Ela se apresentou na delegacia nesta manhã e foi presa por causa do mandado de prisão.

A operação foi desencadeada na segunda-feira (3) com nove mandados de prisão e investiga quadrilha responsável por traficar armas e munições de MS para RJ.

Entre os presos estão: Sidney Kleber Alves, Cleverson Antunes Quirino, Roney Daniel Alves, Valdisney Ederson Alves, Moacir Teixeira de Freitas e Suelen Ohana Alves. Continuam foragidos Sérgio Pereira Gonçalves e Claudiney Lithewiski de Aguiar.

Operação

Em cerca de um ano de investigação, equipes da Desarme (Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos) descobriram esquema para o envio de milhares de munições e centenas de armas de fogo do Mato Grosso do Sul para o Rio de Janeiro. A quadrilha, segundo a polícia, funcionava em dois núcleos.

No Rio de Janeiro, ficavam os responsáveis pela compra dos armamentos. Os suspeitos chegavam a viajar para a fronteira frequentemente para “organizar” o esquema. Na capital fluminense, vendiam o material para traficantes, milicianos e contraventores. Os carregamentos eram enviados ao Rio a cada 15 dias, com cerca a 6 a 11 mil munições.

Já o núcleo de Mato Grosso do Sul era o responsável pelo transporte das armas. Segundo o promotor Jorge Furquim, do Gaeco (Grupo de Atuação Especializada e Combate ao Crime Organizado), os envolvidos no esquema tinham pleno conhecimento das estradas da região e contato com pessoas especializadas na produção dos mocós - como são conhecidos os esconderijos feitos nos carros.

As investigações identificaram ainda que esse trabalho era feito por uma única família. “Dos que tiveram a prisão decretada, quatro são irmãos”, detalhou.

Valdisnei Ederson Alves foi detido por policiais do Defron (Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira) na cidade a 233 quilômetros da Capital.

Ele era alvo de mandado de prisão e também de busca e apreensão e, Bandeirantes, mas como trabalha em um circo foi encontrado na cidade de Dourados.

Em Campo Grande, Moacir Teixeira de Freitas, de 46 anos, foi preso no local em que trabalhava, no Bairro São Francisco, por policiais do Garras (Delegacia de Repressão de Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros) e da PRF (Polícia Rodoviária Federal). As equipes ainda realizaram buscas na casa dele, no Parque do Lageado.

De acordo com o promotor, Moacir foi apontado como o braço-direito de um dos líderes da quadrilha em Mato Grosso do Sul. Identificado como Sérgio, o homem foi preso durante as investigações do Desarme.

Campo Grande News/JM

Compartilhar faz bem!

Eventos

  • Café da Manhã da FAEMS

    Café da Manhã da FAEMS

    Cidade:Campo Grande
    Data:19/09/2011
    Local:ACICG - Associação Comercial de Campo Grande

Veja Mais Eventos

Balcão de Oportunidades / Empregos(Utilidade Pública)

Não é cadastrado ainda? Clique aqui

Veja todas as ofertas de vagas

Cotações

Moeda Taxa R$
Dólar 3,917
Euro 4,430
Franco suíço 3,925
Yuan 0,567
Iene 0,035
Peso arg. 0,103

Atualizado

Universitários

Serviço Gratuito Classificados - Anúnicios para Universitários

Tempo / Clima

Newsletter
Receba nossa Newsletter

Classificados

Gostaria de anunciar conosco? Clique aqui e cadastre-se gratuitamente.

  • Anúncios

Direitos do Cidadão

Escritório Baraúna-Mangeon Faça sua pergunta
  • Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatá...Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatária aqui em Cuiabá, levou muita grana nossa, e uma eco esporte. Ela se chama LEUNIR..., como faço pra denunciar ela aí nos jornais?Resp.
  • Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um...Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um eo outro parcial ja faz um bom tempo que nao trabalha e estava recebendo auxilio doença mas foi cancelada e ja passou por duas pericias e nao consegui mais , sera que tem como ela aposentar?Resp.
  • quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje out...quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje outbro de 2013Resp.
  • meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 ...meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 a zero caso ele tenha alguma condenacao esse 2 anos e meio pode ser descontadoResp.
  • gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilota...gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilotar maqunas agricolas?? se tiver como fasso pra me escreverResp.
+ Perguntas

Espaço do Leitor

Envie sua mensagem:
Sugestões, críticas, opinião.
  • iraci cesario da rocha rocha

    Procuro minha irmã Creusa Maria Cesario ela era de Dracena SP , minha mãe esta idosa 79 anos precisa ver ela se alguem souber nos avisa ..contato 018 996944659 falar com Iraci ..minha irmã foi vista nessa região

  • iraci cesario da rocha rocha

    Boa noite , estou a procura da minha irmã Creusa Maria Cesario desapareceu ha 30 anos , preciso encontrar porque minha mãe esta com 79 anos e quer ver , ela foi vista ai por essa região , quem souber nos avise moramos aqui em Dracena SP

  • maria de lourdes medeiros bruno

    Parabéns, pelo espaço criado. Muito bem trabalhado e notícias expostas com clareza exatidão. Moro na Cidade de Aquidauana e gostaria de enviar artigos. Maria de Lourdes Medeiros Bruno

  • cleidiane nogueira soares

    Procuro por Margarida Batista Barbosa e seu filho Vittorio Hugo Barbosa Câmara.moravam em Coração de Jesus MG nos anos 90 .fomos muito amigos e minha família toda procura por notícias suas.sabemos que voltaram para Aparecida do Taboado MS sua cidade natal

  • Simone Cristina Custódio Garcia

    Procuro meu pai Demerval Abolis, Por favor, me ajudem.Meu telefone (19) 32672152 a cobrar, Campinas SP.

+ Mensagens