Terça-Feira 21/05/2019 08:43

Com palestras e debates, “Diálogos de Cidadania” aborda protagonismo das mulheres sul-mato-grossenses

Estado - Cidadania - Mês da Mulher

Foto: Chico Ribeiro 

 Trazendo o tema “O protagonismo das mulheres sul-mato-grossenses”, a 1ª edição do Diálogos de Cidadania teve início nesta quinta-feira (14.3), discutindo direitos civis, sociais e políticos das mulheres no ano de 2019. O encontro acontece no Auditório da Governadoria, no Parque dos Poderes e termina na manhã de hoje (15), abordando assuntos como os avanços e desafios do exercício dos espaços de poder e decisão pelas mulheres e o combate ao preconceito e à discriminação de gênero, raça e etnia.

Diálogos de Cidadania é realizado pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul por meio da Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov-MS), com execução pela Subsecretaria Especial de Cidadania, parceria da Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres e em conjunto com a Secretaria-Executiva do Codesul-MS. O evento reúne gestoras de políticas públicas para mulheres, conselheiras, primeiras-damas, vereadoras, militantes feministas e de movimentos sociais, mulheres negras e quilombolas, mulheres indígenas e técnicas que atuam em órgãos da rede de enfrentamento à violência contra as mulheres e nas políticas públicas para a igualdade racial.

Durante a abertura, a subsecretária Especial da Cidadania, Luciana Azambuja Roca, destacou a importância de discutir questões de igualdade de gênero, raça e etnia, temas que integram a construção da Subsecretaria Especial da Cidadania. “Iniciamos este encontro afirmando sempre essas pautas de forma integral e transversal. Haverá um assunto diferente por mês envolvendo todas as temáticas que farão parte da nova Subsecretaria Especial da Cidadania que tem oito subsecretarias vinculadas, onde além da política pública da mulher nós temos a igualdade racial, a juventude, população indígena, LGBT, pessoas idosas, pessoas com deficiência e comunitários”, revelou.

Para a primeira-dama do Estado é necessário aumentar cada vez mais a representatividade da mulher na política.

À frente da Subsecretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SPPM), a nova subsecretária, Giovana Corrêa Vargas, aproveitou para contar alguns planos para o ano atual: “Este ano pretendemos nos esforçar para aumentar o atendimento principalmente no interior dando ênfase nas cidades fronteiriças. Além disso, a Subsecretaria de Políticas Públicas para as Mulheres está intensificando a campanha do protagonismo para a mulher durante todo o mês de março”, afirmou Giovana.

Estiveram presentes também as vereadoras eleitas em municípios fronteiriços de Mato Grosso do Sul, como Porto Murtinho, Bela Vista, Antônio João, Ponta Porã, Laguna Carapã, Coronel Sapucaia, Tacuru e Japorã. A vereadora de Campo Grande, enfermeira Cida Amaral, citou o nome de cada uma delas e deixou seu recado: “Estou feliz porque as mulheres estão começando a ocupar o seu espaço, mesmo que a duras penas. Me sinto honrada em ver que ocupamos os espaços políticos. Sugiro aqui ao Estado que se crie um grupo de mulheres vereadoras do MS”, propôs Cida.

Para a primeira-dama do Estado, Fátima Azambuja, é necessário aumentar cada vez mais a representatividade da mulher na política. “Aqui na Capital são 29 parlamentares municipais e apenas duas são mulheres. É um número ainda muito pequeno. Precisamos nos unir de todas as formas possíveis e conquistar nosso espaço”, alertou Fátima.

Fátima Azambuja participou da abertura dos trabalhos.

Apresentada pela secretária-adjunta da Cidadania, Maria Thereza Trad, a ex-secretaria Nacional de enfrentamento à violência contra a mulher, da Secretaria de Políticas Públicas para a Mulher da Presidência da República, Aparecida Gonçalves, trouxe a palestra de abertura tratando sobre “Direito à igualdade, à equidade e a viver sem violência”. Antes de iniciar sua fala, a ministrante saudou a vereadora Marielle Franco lembrando que já se passou um ano de seu assassinato e, até agora, o caso não foi solucionado. “Marielle presente!”, respondeu a plateia emocionada.

Na sequência houve a roda de conversa sobre “Cidadania na perspectiva de gênero, raça e etnia”, mediado por Rhaissa Siviero, gestora municipal de Amambai. Participaram do debate Jacqueline Machado, juíza coordenadora da Coordenadoria da Mulher em situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul (TJMS); Marta Nunes da Costa, doutora em filosofia e ciência política, com atuação em estudos feministas e professora na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS); e Angela Vanessa Epifanio, bacharel em serviço social, membro do Coletivo de Mulheres Negras Raimunda Luzia de Brito e ex-presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher.

Nesta sexta-feira (15.3), a partir das 8h, haverá posse do “Parlamento Feminino da Fronteira”, projeto “MS Fronteiras” – Codesul-MS. Já no debate o assunto será “A participação da mulher nos espaços de poder e decisão”.

Portal do MS/PH

Cidadania, Mês da Mulher, Diálogos, Palestras e Debates

Compartilhar faz bem!

Eventos

  • 1º Encontro dos Amigos da Empaer

    1º Encontro dos Amigos da Empaer

    Cidade:Dourados
    Data:29/07/2017
    Local:Restaurante / Espaço Guarujá

  • Caravana da Saúde em Dourados II

    Caravana da Saúde em Dourados II

    Cidade:Dourados
    Data:16/04/2016
    Local:Complexo Esportivo Jorge Antonio Salomão

Veja Mais Eventos

Balcão de Oportunidades / Empregos(Utilidade Pública)

Não é cadastrado ainda? Clique aqui

Veja todas as ofertas de vagas

Cotações

Moeda Taxa R$
Dólar 4,093
Euro 4,567
Franco suíço 4,050
Yuan 0,593
Iene 0,037
Peso arg. 0,091

Atualizado

Universitários

Serviço Gratuito Classificados - Anúnicios para Universitários

Tempo / Clima

Newsletter
Receba nossa Newsletter

Classificados

Gostaria de anunciar conosco? Clique aqui e cadastre-se gratuitamente.

  • Anúncios

Direitos do Cidadão

Escritório Baraúna-Mangeon Faça sua pergunta
  • Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatá...Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatária aqui em Cuiabá, levou muita grana nossa, e uma eco esporte. Ela se chama LEUNIR..., como faço pra denunciar ela aí nos jornais?Resp.
  • Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um...Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um eo outro parcial ja faz um bom tempo que nao trabalha e estava recebendo auxilio doença mas foi cancelada e ja passou por duas pericias e nao consegui mais , sera que tem como ela aposentar?Resp.
  • quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje out...quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje outbro de 2013Resp.
  • meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 ...meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 a zero caso ele tenha alguma condenacao esse 2 anos e meio pode ser descontadoResp.
  • gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilota...gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilotar maqunas agricolas?? se tiver como fasso pra me escreverResp.
+ Perguntas

Espaço do Leitor

Envie sua mensagem:
Sugestões, críticas, opinião.
  • iraci cesario da rocha rocha

    Procuro minha irmã Creusa Maria Cesario ela era de Dracena SP , minha mãe esta idosa 79 anos precisa ver ela se alguem souber nos avisa ..contato 018 996944659 falar com Iraci ..minha irmã foi vista nessa região

  • iraci cesario da rocha rocha

    Boa noite , estou a procura da minha irmã Creusa Maria Cesario desapareceu ha 30 anos , preciso encontrar porque minha mãe esta com 79 anos e quer ver , ela foi vista ai por essa região , quem souber nos avise moramos aqui em Dracena SP

  • maria de lourdes medeiros bruno

    Parabéns, pelo espaço criado. Muito bem trabalhado e notícias expostas com clareza exatidão. Moro na Cidade de Aquidauana e gostaria de enviar artigos. Maria de Lourdes Medeiros Bruno

  • cleidiane nogueira soares

    Procuro por Margarida Batista Barbosa e seu filho Vittorio Hugo Barbosa Câmara.moravam em Coração de Jesus MG nos anos 90 .fomos muito amigos e minha família toda procura por notícias suas.sabemos que voltaram para Aparecida do Taboado MS sua cidade natal

  • Simone Cristina Custódio Garcia

    Procuro meu pai Demerval Abolis, Por favor, me ajudem.Meu telefone (19) 32672152 a cobrar, Campinas SP.

+ Mensagens