Sexta-Feira 06/12/2019 04:15

Índice prisional de MS é 3º maior do País e quase o dobro do nacional

Estado - Geral - Penitenciárias

Presídio Federal é um dos 45 estabelecimentos penais instalados em Mato Grosso do Sul (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

Para cada 100 mil habitantes de Mato Grosso do Sul existem 618,2 pessoas presas. Os números são do boletim Infopen (Levantamento de Informações Penitenciárias) e mostram que a taxa de aprisionamento do Estado é a terceira maior do País - atrás somente de Acre (754,9) e Rondônia (630,3). O índice ainda é quase duas vezes maior que o nacional, de 349,7 presos por 100 mil pessoas.

Divulgado na última sexta-feira (12), o Infopen reúne as principais informações de todas as unidades prisionais brasileiras referentes ao primeiro semestre de 2017, como dados de infraestrutura, recursos humanos, vagas, gestão, assistências, população prisional, perfil dos presos, entre outros.

Conforme o levantamento, o Estado tinha 16.634 presos em junho de 2017. A maior parte, 8.763 pessoas, estava em regime fechado. Outros 3.522 não haviam sido condenados. Já 2.515 cumpriam pena em regime semiaberto.

O Infopen revela ainda que Mato Grosso do Sul tem 45 estabelecimentos penais, com 9.206 vagas. Assim, há 1,78 detentos por espaço, o que caracteriza deficit de 7.348 vagas nas unidades prisionais.

Queda - O relatório aponta que Mato Grosso do Sul caiu no ranking de maiores taxas de aprisionamento. Após os seis primeiros meses de 2016, o Estado tinha 696,7 presos para cada 100 mil habitantes, maior índice do Brasil na época.

No comparativo entre os levantamentos de junho de 2016 e igual mês de 2017, a população carcerária sul-mato-grossense reduziu 11%. De 18.688 presos, o número caiu para 16.634 - total de 2.054 detentos a menos.

Perfil – A maior parcela dos detidos em Mato Grosso do Sul até junho de 2017 cumpria de 4 a 8 anos de prisão, 2.603 homens e mulheres.

O total de presos por tráfico de drogas ou associação ao tráfico somava 2.779 pessoas.

Os números do Infopen revelam também que 4.202 do total de detentos trabalhavam, enquanto 1.510 estudavam. Apenas 195 presos faziam as duas coisas simultaneamente.

Dos 16.634 reeducandos, 8.313 pararam os estudos durante o Ensino Fundamental. Somente 143 tinham diploma de Ensino Superior.

Estrutura – O Infopen detalha ainda que apenas 2% dos estabelecimentos penais tem ala exclusiva para idosos, indígenas ou LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais). Só 4% dos presídios contam com módulos, alas ou celas parcialmente adaptados para pessoas com deficiência.

Já o total de trabalhadores do sistema prisional sul-mato-grossense somava 1.723 pessoas. Destes, 1.162 eram agentes penitenciários.

Atualização - O Depen (Departamento Penitenciário Nacional) do Ministério da Justiça e Segurança Pública, responsável pela elaboração do Infopen, trabalha para para diminuir o lapso temporal da publicação dos dados prisionais. Segundo o órgão, a meta do Depen é a divulgação periódica semestral. A próxima consolidação, com informações referentes ao segundo semestre de 2017 e de 2018, deve ser publicada até outubro deste ano.

Campo Grande News/KV

Compartilhar faz bem!

Eventos

  • 1º Encontro dos Amigos da Empaer

    1º Encontro dos Amigos da Empaer

    Cidade:Dourados
    Data:29/07/2017
    Local:Restaurante / Espaço Guarujá

  • Caravana da Saúde em Dourados II

    Caravana da Saúde em Dourados II

    Cidade:Dourados
    Data:16/04/2016
    Local:Complexo Esportivo Jorge Antonio Salomão

Veja Mais Eventos

Balcão de Oportunidades / Empregos(Utilidade Pública)

Não é cadastrado ainda? Clique aqui

Veja todas as ofertas de vagas

Cotações

Indisponível no momento

Universitários

Serviço Gratuito Classificados - Anúnicios para Universitários

Tempo / Clima

Newsletter
Receba nossa Newsletter

Classificados

Gostaria de anunciar conosco? Clique aqui e cadastre-se gratuitamente.

  • Anúncios

Direitos do Cidadão

Escritório Baraúna-Mangeon Faça sua pergunta
  • Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatá...Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatária aqui em Cuiabá, levou muita grana nossa, e uma eco esporte. Ela se chama LEUNIR..., como faço pra denunciar ela aí nos jornais?Resp.
  • Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um...Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um eo outro parcial ja faz um bom tempo que nao trabalha e estava recebendo auxilio doença mas foi cancelada e ja passou por duas pericias e nao consegui mais , sera que tem como ela aposentar?Resp.
  • quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje out...quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje outbro de 2013Resp.
  • meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 ...meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 a zero caso ele tenha alguma condenacao esse 2 anos e meio pode ser descontadoResp.
  • gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilota...gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilotar maqunas agricolas?? se tiver como fasso pra me escreverResp.
+ Perguntas

Espaço do Leitor

Envie sua mensagem:
Sugestões, críticas, opinião.
  • iraci cesario da rocha rocha

    Procuro minha irmã Creusa Maria Cesario ela era de Dracena SP , minha mãe esta idosa 79 anos precisa ver ela se alguem souber nos avisa ..contato 018 996944659 falar com Iraci ..minha irmã foi vista nessa região

  • iraci cesario da rocha rocha

    Boa noite , estou a procura da minha irmã Creusa Maria Cesario desapareceu ha 30 anos , preciso encontrar porque minha mãe esta com 79 anos e quer ver , ela foi vista ai por essa região , quem souber nos avise moramos aqui em Dracena SP

  • maria de lourdes medeiros bruno

    Parabéns, pelo espaço criado. Muito bem trabalhado e notícias expostas com clareza exatidão. Moro na Cidade de Aquidauana e gostaria de enviar artigos. Maria de Lourdes Medeiros Bruno

  • cleidiane nogueira soares

    Procuro por Margarida Batista Barbosa e seu filho Vittorio Hugo Barbosa Câmara.moravam em Coração de Jesus MG nos anos 90 .fomos muito amigos e minha família toda procura por notícias suas.sabemos que voltaram para Aparecida do Taboado MS sua cidade natal

  • Simone Cristina Custódio Garcia

    Procuro meu pai Demerval Abolis, Por favor, me ajudem.Meu telefone (19) 32672152 a cobrar, Campinas SP.

+ Mensagens