Quarta-Feira 23/10/2019 20:25

Lenín Moreno e Rafael Correa: de aliados políticos a arqui-inimigos no Equador

Mundo - Política - Crise Política

O então presidente eleito do Equador, Lenin Moreno (dirieta) celebra o resultado da eleição ao lado do seu antecessor Rafael Correa, em 2017, quando ainda eram aliados — Foto: Mariana Bazo/Reuters

A convulsão deflagrada pela suspensão de subsídios nos combustíveis espelha duas forças políticas ambivalentes no Equador, protagonizadas por ex-aliados políticos: o atual presidente, Lenín Moreno, e seu antecessor, Rafael Correa. Um acusa o outro de manipular a grave crise que se instaurou há uma semana no país, obrigando o governo a transferir a sede do governo da capital Quito para a cidade portuária Guayaquil.

O presidente responsabiliza seu opositor pelos protestos violentos e orquestrar uma tentativa de golpe. De Bruxelas, onde se exilou há dois anos para fugir das acusações de corrupção, Correa faz campanha contra Moreno e defende novas eleições.

Nem sempre foi assim. Quando os dois ainda partilhavam a mesma linha política, o ex-presidente apoiou seu vice e o ajudou a se eleger em 2017. Ambos dividiram a chapa eleita em 2006 e reeleita em 2009.

Quatro anos depois, no pleito de 2013, Moreno -- paraplégico desde 1998 em uma tentativa de assalto -- deixou o governo e mudou-se para Genebra, para auxiliar o secretário-geral da ONU em questões de acessibilidade. O cargo de vice foi então ocupado por Jorge Glas, que seria, em 2017, a primeira opção de Correa a candidato presidencial.

Como Glas não emplacava nas pesquisas de opinião, o então presidente se voltou para seu vice anterior e inverteu a chapa. Eleito, Moreno tomou distância de Correa, passando a buscar identificar os funcionários envolvidos no escândalo de corrupção protagonizado pelo governo anterior e a empresa Odebrecht.

O vice Jorge Glas foi afastado do cargo e teve a prisão preventiva decretada. Condenado em dezembro de 2017, ele cumpre sentença de seis anos de prisão por receber US$ 13,5 milhões em propinas. Moreno cortou definitivamente os vínculos entre seu governo e a Odebrecht.

Revogou também, após um plebiscito vitorioso, a lei que estabelecia a reeleição indefinida, adotada em dezembro de 2015 por seu antecessor, que permaneceu uma década no poder. O presidente determinou o fim do asilo político a Julian Assange, fundador do WikiLeaks, refugiado desde 2012 na sede da embaixada do país em Londres. E virou as costas para a Venezuela de Nicolás Maduro.

Correa não perdoou seu herdeiro político e rotulou-o de traidor. O atual presidente chegou a ter 70% de popularidade ao pôr em prática o que chamou de cirurgia contra corruptos.

Mas a fatura chegou na forma de um empréstimo de US$ 4,2 bilhões do FMI e, como consequência, de um pacote de austeridade que elimina subsídios de combustíveis e restringe os gastos sociais. As medidas representam um aumento de 123% nos preços da gasolina e do diesel e fizeram despencar para menos de 30% a popularidade de Moreno.

“Não creio que haja uma maneira simpática de dizer à população que os combustíveis vão aumentar. Mas vivemos a consequência da farra dos últimos 12 anos”, analisa Guillermo Lasso, que disputou as últimas eleições com Moreno.

O país está mergulhado no caos, com protestos violentos, saques e invasões, capitaneados por lideranças indígenas. Com estado de emergência decretado por dois meses e toque de recolher em repartições públicas, equatorianos assistem a uma espécie de déjà vu da instabilidade nos anos pré-Correa, quando chegou a ter oito presidentes em dez anos.

Três deles -- Abdalá Bucaram, Jamil Mahuad e Lucio Gutiérrez -- foram derrubados por protestos semelhantes ao que presenciamos há uma semana. Moreno, que ainda tem o apoio de empresários e das Forças Armadas, descarta a renúncia. Mas precisa de uma estratégia melhor do que a de apenas acusar seu antecessor de golpista.

G1/KV

Compartilhar faz bem!

Eventos

  • 1º Encontro dos Amigos da Empaer

    1º Encontro dos Amigos da Empaer

    Cidade:Dourados
    Data:29/07/2017
    Local:Restaurante / Espaço Guarujá

  • Caravana da Saúde em Dourados II

    Caravana da Saúde em Dourados II

    Cidade:Dourados
    Data:16/04/2016
    Local:Complexo Esportivo Jorge Antonio Salomão

Veja Mais Eventos

Balcão de Oportunidades / Empregos(Utilidade Pública)

Não é cadastrado ainda? Clique aqui

Veja todas as ofertas de vagas

Cotações

Indisponível no momento

Universitários

Serviço Gratuito Classificados - Anúnicios para Universitários

Tempo / Clima

Newsletter
Receba nossa Newsletter

Classificados

Gostaria de anunciar conosco? Clique aqui e cadastre-se gratuitamente.

  • Anúncios

Direitos do Cidadão

Escritório Baraúna-Mangeon Faça sua pergunta
  • Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatá...Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatária aqui em Cuiabá, levou muita grana nossa, e uma eco esporte. Ela se chama LEUNIR..., como faço pra denunciar ela aí nos jornais?Resp.
  • Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um...Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um eo outro parcial ja faz um bom tempo que nao trabalha e estava recebendo auxilio doença mas foi cancelada e ja passou por duas pericias e nao consegui mais , sera que tem como ela aposentar?Resp.
  • quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje out...quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje outbro de 2013Resp.
  • meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 ...meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 a zero caso ele tenha alguma condenacao esse 2 anos e meio pode ser descontadoResp.
  • gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilota...gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilotar maqunas agricolas?? se tiver como fasso pra me escreverResp.
+ Perguntas

Espaço do Leitor

Envie sua mensagem:
Sugestões, críticas, opinião.
  • iraci cesario da rocha rocha

    Procuro minha irmã Creusa Maria Cesario ela era de Dracena SP , minha mãe esta idosa 79 anos precisa ver ela se alguem souber nos avisa ..contato 018 996944659 falar com Iraci ..minha irmã foi vista nessa região

  • iraci cesario da rocha rocha

    Boa noite , estou a procura da minha irmã Creusa Maria Cesario desapareceu ha 30 anos , preciso encontrar porque minha mãe esta com 79 anos e quer ver , ela foi vista ai por essa região , quem souber nos avise moramos aqui em Dracena SP

  • maria de lourdes medeiros bruno

    Parabéns, pelo espaço criado. Muito bem trabalhado e notícias expostas com clareza exatidão. Moro na Cidade de Aquidauana e gostaria de enviar artigos. Maria de Lourdes Medeiros Bruno

  • cleidiane nogueira soares

    Procuro por Margarida Batista Barbosa e seu filho Vittorio Hugo Barbosa Câmara.moravam em Coração de Jesus MG nos anos 90 .fomos muito amigos e minha família toda procura por notícias suas.sabemos que voltaram para Aparecida do Taboado MS sua cidade natal

  • Simone Cristina Custódio Garcia

    Procuro meu pai Demerval Abolis, Por favor, me ajudem.Meu telefone (19) 32672152 a cobrar, Campinas SP.

+ Mensagens