Sábado 25/01/2020 21:40

Governo repassa R$ 1,7 milhão a empresa para medir eficácia dos agrotóxicos

Estado - Ações Públicas - Investimentos

Entre janeiro e julho deste ano, a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) aprovou a comercialização de 80 novos produtos agrotóxicos no Estado (Foto: Reprodução/MST)

Governo do Estado vai repassar R$ 1,7 milhão para empresa privada para monitorar a eficiência de defensivos agrícolas em lavouras de soja e milho de Mato Grosso do Sul. Recurso para o convênio assinado nesta segunda-feira será retirado do orçamento da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) do Fundems (Fundo para o Desenvolvimento das Culturas de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul).

Entre janeiro e julho deste ano, a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) aprovou a comercialização de 80 novos produtos agrotóxicos no Estado. Dos 80 novos agroquímicos liberados, 28 são classificados como “extremamente tóxicos” e outros dez carregam o selo de “altamente tóxicos”. Os produtos variam entre herbicidas, inseticidas, fungicidas, acaricidas, formicidas, nematicidas, bactericidas e agentes biológicos de controle.

Alguns efeitos causados pelos defensivos vão ser monitorados por tecnologia desenvolvida pela Fundação MS, empresa privada com 26 anos de experiência na área de pesquisa e difusão, para execução do “Programa Validação das Tecnologias para as Culturas de Soja e Milho em MS”, cujo objetivo é gerar informações sobre a eficiência dos agrotóxicos no controle dos principais problemas fitossanitários das lavouras.

Com os resultados da pesquisa, será possível definir estratégias de adubação com calcário, fósforo e enxofre, bem como posicionar as melhores cultivares de soja e híbridos de milho em mais de 10 regiões agrícolas do Estado na safra 2019/2020. “Recurso que você coloca do Fundo e que acaba voltando ao setor produtivo em benefício”, disse Reinaldo Azambuja após assinar o convênio de repasse de recursos.

Para o governador, o trabalho desenvolvido pelos centros de pesquisa é fundamental para dar segurança ao produtor e estabilidade à produção, mesmo nas intempéries. “Temos tido anos de clima irregular e mesmo assim temos mantido uma produtividade média muito melhor do que já tivemos no passado. Isso tudo é fruto do trabalho dos institutos de pesquisa”, avaliou o gestor.

Diretor-presidente da Fundação MS, Luciano Muzze, agradeceu o apoio do setor público para a execução do projeto. “É um ente importante para que a gente possa sempre trazer soluções tecnológicas para o crescimento e o desenvolvimento da agropecuária sul-mato-grossense”.

Segundo ele, a pesquisa é a principal ferramenta para o aumento da produtividade com redução do custo de produção.

Também presente no ato de assinatura do convênio, o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), Maurício Saito, destacou a importância da atuação do Governo do Estado “no reconhecimento do trabalho que é realizado pela iniciativa privada”, assim como o “entendimento que o governador tem a respeito da ciência para o desenvolvimento do Estado”.

Ainda participaram do ato o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel; diretor-presidente da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (Fundect), Márcio de Araújo; o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado (Aprosoja-MS), André Dobashi; e o diretor-executivo da Fundação MS, Alex Merlotto.

Queda - De janeiro a setembro de 2019, Mato Grosso do Sul acumula um saldo de US$ 2,264 bilhões na balança comercial. O valor é menor em relação ao mesmo período do ano passado que foi de 2,461 bilhões. A exportação do milho disparou e teve aumento de 337,15% em relação ao mesmo período do ano passado, mas a soja caiu significativamente.

 

Campo Grande News/KV

Compartilhar faz bem!

Eventos

  • 1º Encontro dos Amigos da Empaer

    1º Encontro dos Amigos da Empaer

    Cidade:Dourados
    Data:29/07/2017
    Local:Restaurante / Espaço Guarujá

  • Caravana da Saúde em Dourados II

    Caravana da Saúde em Dourados II

    Cidade:Dourados
    Data:16/04/2016
    Local:Complexo Esportivo Jorge Antonio Salomão

Veja Mais Eventos

Balcão de Oportunidades / Empregos(Utilidade Pública)

Não é cadastrado ainda? Clique aqui

Veja todas as ofertas de vagas

Cotações

Indisponível no momento

Universitários

Serviço Gratuito Classificados - Anúnicios para Universitários

Tempo / Clima

Newsletter
Receba nossa Newsletter

Classificados

Gostaria de anunciar conosco? Clique aqui e cadastre-se gratuitamente.

  • Anúncios

Direitos do Cidadão

Escritório Baraúna-Mangeon Faça sua pergunta
  • Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatá...Tem uma senhora dai de Campo Grande que é uma estelionatária aqui em Cuiabá, levou muita grana nossa, e uma eco esporte. Ela se chama LEUNIR..., como faço pra denunciar ela aí nos jornais?Resp.
  • Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um...Boa tarde, minha sogra teve cancer nos seios e retirou um eo outro parcial ja faz um bom tempo que nao trabalha e estava recebendo auxilio doença mas foi cancelada e ja passou por duas pericias e nao consegui mais , sera que tem como ela aposentar?Resp.
  • quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje out...quanto porcento e o desconto para produtor rural hoje outbro de 2013Resp.
  • meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 ...meu irmao cumpriu dois ano e meio de pena foi asolvido 7 a zero caso ele tenha alguma condenacao esse 2 anos e meio pode ser descontadoResp.
  • gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilota...gostaria de saber se ae em muno novo vai ter curso pilotar maqunas agricolas?? se tiver como fasso pra me escreverResp.
+ Perguntas

Espaço do Leitor

Envie sua mensagem:
Sugestões, críticas, opinião.
  • iraci cesario da rocha rocha

    Procuro minha irmã Creusa Maria Cesario ela era de Dracena SP , minha mãe esta idosa 79 anos precisa ver ela se alguem souber nos avisa ..contato 018 996944659 falar com Iraci ..minha irmã foi vista nessa região

  • iraci cesario da rocha rocha

    Boa noite , estou a procura da minha irmã Creusa Maria Cesario desapareceu ha 30 anos , preciso encontrar porque minha mãe esta com 79 anos e quer ver , ela foi vista ai por essa região , quem souber nos avise moramos aqui em Dracena SP

  • maria de lourdes medeiros bruno

    Parabéns, pelo espaço criado. Muito bem trabalhado e notícias expostas com clareza exatidão. Moro na Cidade de Aquidauana e gostaria de enviar artigos. Maria de Lourdes Medeiros Bruno

  • cleidiane nogueira soares

    Procuro por Margarida Batista Barbosa e seu filho Vittorio Hugo Barbosa Câmara.moravam em Coração de Jesus MG nos anos 90 .fomos muito amigos e minha família toda procura por notícias suas.sabemos que voltaram para Aparecida do Taboado MS sua cidade natal

  • Simone Cristina Custódio Garcia

    Procuro meu pai Demerval Abolis, Por favor, me ajudem.Meu telefone (19) 32672152 a cobrar, Campinas SP.

+ Mensagens